sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Radialistas promovem nesta sexta (17) debate sobre o racismo e o privilégio de ser branco no Brasil



Por Ronaldo Werneck
O Sindicato dos Radialistas no estado de São Paulo realiza nesta sexta feira (17), a partir das 16h, o debate "Branquitude, o privilégio de ser branco no Brasil", que se desdobra em três eixos; o Racismo Institucional, o Negro nos Meios de Comunicação e a Representação dos Negros nos Conselhos de Comunicação das emissoras públicas no Brasil. O debate contará com a participação de diversas pessoas entre elas Dulce Muniz, atriz e ex dirigente sindical, Ivair Augusto Alves dos Santos, doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília, Brasil, Coordenador do Centro de Convivência Negra da Universidade de Brasília e Coordenador das Entidades Negras (CEN) e Maria Isabel de Assis, mais conhecida como Mabel Assis, graduada em Serviço Social, mestra e doutora em Antropologia Social pela PUC de São Paulo. Mabel é membro do Conselho Municipal de Políticas Para Mulheres e membro do Conselho Municipal de Políticas de Promoção de Igualdade Social, todos do município e Guarulhos.
Segundo Arnaldo Marcolino, um dos promotores do evento, o debate sobre o racismo é ofuscado pela institucionalização do preconceito, o que leva muitas pessoas acharem natural esse comportamento. Já o professor Ivair Augusto Alves dos Santos afirma que representação do negros nos conselhos públicos dos meios de comunicação públicos, não existe.



Vídeo da Agência Experimental demonstra tratamentos distintos 
pela mídia em relação as etnias negra e branca

O fato é que a não percepção de um problema de intolerância étnica leva a sua solidificação na sociedade. Com ela, as desigualdades emperram a possibilidade de mudanças e a única forma de combatê-la é com informação. O debate promove isto.
O evento é aberto a participação da sociedade, bem como da comunidade acadêmica e sindical.

Serviço:
Local: Sindicato dos Radialistas no estado de São Paulo
Endereço: Rua Conselheiro Ramalho n. 992, bairro Bela Vista, em São Paulo

Horário: a partir das 16h.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Em assembleia radialistas deliberam por não vender colônia, sem antes tentar fazer parcerias

Foto: Ronaldo Werneck Radialistas em assembleia votam pela manutenção da colônia e procura de parcerias

No último sábado (11), depois de duas horas e meia de discussões, em assembleia estatutária, os trabalhadores sócios do Sindicato dos Radialistas no estado de São Paulo, deliberaram por tentar fazer parcerias, até o final de fevereiro do ano que vem, com outras entidades sindicais para continuidade da utilização da Colônia de Férias pela a categoria, ante a possibilidade de vendê-la. Optando pela venda se as parcerias não forem viabilizadas.
Com início as 10h da manhã, em segunda chamada, os trabalhadores sindicalizados compareceram para contribuir com a discussão de manter a continuidade da luta pelas suas conquistas através da manutenção de sua organização política. Com essa preocupação e visualizando a situação econômica que se avizinha para o movimento sindical, entendeu-se que outras entidades sindicais também poderiam utilizar do espaço de lazer da categoria, não somente para seus sindicalizados, mas para atividades de organização e planejamento das respectivas diretorias desses possíveis parceiros.
O fato é que com o ataque as conquistas dos trabalhadores os patrões não só atingiram direitos fundamentais dos trabalhadores, mas também em parte na forma de financiamento das entidades de classe, que são instrumentos de luta e defesa dos interesses dos trabalhadores. 
A Colônia de Férias dos Radialistas foi adquirida em março de 2003 e, só foi possível adquiri-la, devido a disponibilização de recursos em caixa oriundo de processo jurídico, em que parte dos valores foram destinados à entidade sindical.
O espaço de lazer e confraternização tem feito com que a entidade utilize recursos financeiros que deveriam ir para manutenção da luta política da categoria.  Com pouca utilização durante o ano inteiro, a Colônia de Férias dos Radialistas, que fica na cidade de Itanhaém, litoral sul de São Paulo, só tem sua utilização intensificada pela categoria nas altas temporadas ou em feriados prolongados. 
Na assembleia deliberou-se por dar mais publicidade as parcerias já existentes  e ampliar as opções de lazer para os trabalhadores sindicalizados da categoria. 
O Sindicato dos Radialistas no estado de São Paulo possui parcerias com o Sindicato dos Mestres e Contra Mestres no estado de São Paulo, que possui colônias de férias em Ubatuba, Praia Grande e Campina do Monte Alegre, com o Club de Férias, que possui opções de lazer em todo país e com o Iate Clube, que fica no município de Jardinópolis, interior de São Paulo.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Radialistas de Assis tem homenagem no Madame Guedes nesta terça (7)

Rádio Bar acontece nesta terça-feira no Madame Guedes


Por Reinaldo Nunes - Português

Acontece nesta terça-feira, dia 7 de novembro, a partir das 19 horas, no bar Madame Guedes, localizado na Travessa Sorocabana, em frente ao Galpão Cultural, a primeira edição do projeto denominado Rádio Bar.

 A ideia dos organizadores é reunir radialistas e jornalistas da imprensa regional para lembrar alguns momentos do rádio assisense.

 Caberá ao radialista, hoje servidor da Unesp, Nilson Gomes, o "Xuxu", a exibição de áudios e imagens captados de antigos profissionais do rádio assisense, resultado de um longo e árduo trabalho de pesquisa e garimpagem nos arquivos de emissoras da cidade.

 Trechos de programas de Lourival Servilha, Bentinho, Homero Rabelo, Jota Manoel, Isaías Gomes, Isaías Silva, Luís Luz, entre outros serão projetados em um telão montado no bar para essa finalidade.

O ex-radialista e DJ Gláucio Agno também faz parte do projeto e será responsável pela programação musical com um som ambiente.

 Para animar o evento, a banda 'Trio de três' comandada pelo radialista André Luis estará se apresentando.

 Vale a pena conferir. O couvert na portaria custará R$ 5,00."

Assembleia dos Radialistas no próximo sábado (11) decide sobre venda da colônia de férias

                                Foto: Ronaldo Werneck  Piscina de Adultos


Por Ronaldo Werneck
Destinada apenas aos sindicalizados e com pauta única, a assembleia será realizada no segundo sábado de novembro (11), às 10 horas, em segunda chamada, para discussão e deliberação sobre a proposta da Direção para a venda da Colônia de Férias dos Radialistas, situada na cidade de Itanhaém.
Adquirida em março de 2003, só foi possível devido a disponibilização de recursos em caixa oriundo de processo jurídico, em que parte dos valores foram destinados à entidade sindical.
A colônia de férias tem feito com que a entidade utilize recursos financeiros que deveriam ir para manutenção da luta política da categoria.  
A utilização da colônia em Itanhaém, na maior parte, só tem acontecido pela categoria nas altas temporadas ou em feriados prolongados. 
Desde sua aquisição a Colônia de Férias dos Radialistas tem gerado prejuízos financeiros anuais em torno de R$ 70 mil. A somatória desses valores até este ano gira em torno de R$ 1 milhão, valor importante que deixa de ser destinado a luta por novas conquistas para a categoria.
Por isso a importância dos radialistas sindicalizados comparecerem na assembleia, para decidir algo que diz respeito a quem contribui para manutenção da estrutura da entidade sindical que tem como objetivo principal a luta pela manutenção de direitos e por novas conquistas para a categoria.

Assembleia Estadual
11 de novembro 2017, às 10h da manhã
Sede - Rua Conselheiro Ramalho, 992 – São Paulo