quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Sindicato dos Radialistas faz ato de desagravo na porta da Rede TV por não conceder antecipação salarial aos seus funcionários

Diretores do Sindicato dos Radialistas na porta da Rede TV

Por Ronaldo Werneck

Sem reajuste salarial há meses e contrariando as grandes emissoras, que promoveram antecipação salarial aos seus trabalhadores, a Rede TV desponta como uma das emissoras que menos valoriza os seus funcionários. 

Desde o ano passado os patrões estavam se negando a conceder as principais reivindicações econômicas dos trabalhadores. Mas em novembro, o sindicato promoveu, pela segunda fez, ato na porta do SBT criticando a postura dos patrões, onde foi possível conversar com o dono da emissora e apresentador de programa Sílvio Santos, que após abordagem do sindicato, tomou a iniciativa de autorizar a antecipação salarial no SBT, que foi seguida pelas demais emissoras de TV de São Paulo. 

Das grandes emissoras, somente a Rede TV não deu nenhum tipo de reajuste. Sequer deu satisfação aos seus trabalhadores em relação a antecipação salarial. 

A categoria aguarda resposta do patronal no próximo dia 31 de janeiro, data anunciada em audiência no TRT durante negociação com mediação do Tribunal. Já os trabalhadores da Rede TV tem de se mexer, pois se depender da direção da emissora, nenhum tipo de reajuste será concedido.



Nenhum comentário:

Postar um comentário