quarta-feira, 15 de junho de 2011

Empresas não fazem o pagamento do Abono Salarial dos Radialistas



Por Ronaldo Werneck

Garantido em nossa convenção coletiva do ano passado, o abono salarial já deveria ter sido feito no quinto dia útil do mês de junho. Algumas empresas se recusaram a fazer o pagamento com as desculpas mais esfarrapadas possíveis; alegam que não sabiam, que o sindicato patronal não enviou nenhum comunicado ou que o acordo coletivo deste ano não foi assinado ainda. Nem uma coisa, nem outra. É desonestidade mesmo. As empresas sabem que devem pagar e estão enrolando. O pior dessa situação é a complacência de muitos trabalhadores que não denunciam essa irregularidade. Oras, como querem que as coisas sejam feita de modo correto, se não fazem sua contrapartida, que é denunciar os patrões desonestos? Se reagimos quando alguém tenta enfiar a mão em nosso bolso, pra tirar a carteira, por que não podemos reagir quando o patrão faz a mesma coisa com nosso salário?! Não há diferença. Estão lhes roubando companheiros!

As denúncias que chegam até a entidade estão sendo organizadas para que sejam encaminhadas ao Ministério do Trabalho, para fiscalização trabalhista, mas já adiantamos que isso demora. Não temos controle quando essa questão vai pra mão de terceiros. O ideal seria reagir, se mobilizar, chamar o sindicato e dar uma lição no patrão desonesto. O pilantra desse patrão só faz isso pq tem a consciência que seus funcionários não reagem à essa investida.

Saiba mais sobre o abono lendo nossa Convenção Coletiva no link abaixo. Está na cláusula 47ª.

http://radialistasp.org.br/site/pdfs_acts/2010-2011.pdf

.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Em campanha salarial, Radialistas de São Paulo fazem assembleia decisiva

Assembleia cheia dos Radialistas; é assim que deve estar no próximo sábado (04/06)
 para decidir sobre sua Convenção Coletiva de Trabalho.

Por Ronaldo Werneck

Com o passar dos anos, temos a tendência de muitas vezes esquecer de momentos históricos que passaram por nossa vida e que, certamente, poderia nos dar uma lição de vida. Agora, imaginem essa situação, mas que não tenha vivido "o momento histórico". Estou querendo dizer a respeito das conquistas que os trabalhadores tiveram depois de décadas enfrentando o capital (os patrões). Por diversas vezes os patrões tentaram roubar nossas conquistas, condicionando a assinatura do acordo coletivo, desde que abríssemos mãos de algumas conquistas. A diretoria atual da entidade sempre se manteve coesa e convicta de que essa disputa de força sempre foi desigual, mas nem por isso baixou as armas e fez o que os patrões queriam. Podemos considerar que só o fato de mantermos nossa convenção coletiva com conquistas históricas e com pouca mobilização é uma vitória. Mas não podemos nos conformar com isso. Os patrões não dormem no ponto e não devemos fazer o mesmo. Neste sábado, mais uma vez, a diretoria do Sindicato dos Radialistas de São Paulo irá se reunir com os trabalhadores para analizarem a proposta enviada pelos patrões. O Sindicato (diretoria) não decide nada sozinho. A base (os trabalhadores) tem de estar presente para referendar a decisão que irá ser tomada nessa assembleia. Aceitando ou não a assinatura do acordo coletivo. Ficar esperando que outros decidam por vc, é fazer o jogo dos patrões. Se conseguimos sempre arranjar tempo pra fazer coisas corriqueiras, por que não conseguir um tempinho da decidir uma situação que influencia sua vida e de sua família também?! Por tanto. todos a assembleia neste sábado. Nossas conquistas depende de seu interesse em defendê-las.